quarta-feira, 5 de outubro de 2011

Love story#1 - Capítulo 3

Love story#1 
 Capítulo 3
No dia seguinte, logo pela manhã, David, Leonor, Rui, Teresa, e Carolina, foram tomar o pequeno-almoço ao bar. Leonor vestiu isto: http://www.polyvore.com/cgi/set?id=37862275&.locale=pt-br

David – Apetece-me outro bolo.

Rui – A mim também men.

Teresa – Mas vocês já comeram o segundo bolo! Ainda querem mais...

David – Ya Teresinha, as baterias carregam-se logo de manhã.

Rui – Pois é my brother.

Leonor – Bem então eu vou buscar uma garrafa de água ao balcão, e aproveito e peço os vossos bolos...

David – És uma santa Nônô!

Carolina – Sinceramente! Daqui a bocado nenhuma rapariga vai olhar para vocês... Vão ficar gordos, e ninguém vos liga!

Rui – Muito pelo contrário bebé!

Teresa – Olhem eu vou indo para a praia. Digam á Leonor que já fui. Xauzinho

David – Xau...

Carolina está a comer bolachas integrais.

Rui – (para Carolina) Ei pah, olhando para isso, nem abre o apetite...

Carolina – Queridinho, chama-se a isto, “ter cuidado com a alimentação”... Não é por acaso que tenho o corpinho mais maravilhoso que já viram...

David – Eiii... (fala para si) Ai se não tens...

Carolina – O que é que o Palhaci..., o teu amigo disse?

Rui – Nada, nada... É o bolo que lhe deve ter feito mal.

Carolina – Ah...

David – E vem a Leonor, com os nossos suculentos, apetitosos, preciosos, e maravilhosos bolos.

Leonor – E aqui estão os vossos bolos...

Rui – Eia “Tanka you”!

Carolina – É “Thank You” que se diz... (fala para si) Vê-se mesmo que só serves para palhaço!

Leonor – Ahahahah! De nada. A Teresa?

David – Ah é verdade... Ela pediu para avisar que já tinha ido para a praia.

Leonor – Ah ok. Já agora bom apetite meninos!

Entretanto, Hugo, Filipe, e Miguel, estão a ir para a praia.

Miguel – Filipe, tens aí a carteira?

Filipe – Ya my bro. Porquê?

Miguel – É que eu esqueci-me dela em casa, e precisava de comprar uma cena no bar. Emprestas-me dinheiro?

Filipe – Ok bro. No problem! Depois dás-me o dinheiro...

Hugo – Por falar em bar. Vai haver uma festa amanhã á noite no bar “Pés na Areia”. Podiamos ir. Que acham?

Filipe – Por mim brother, já sabes que estou lá “batido”.

Miguel – Depois vejo se me apetece...

Filipe - “Depois vejo se me apetece...” Ei pá oh meu, tens abanar o capacete e soltar a franga! Eu e aqui o Hugo temos é de te arranjar umas meninas para te divertires...

Miguel – Oh! Não preciso disso!

Hugo – Claro que precisas meu!

Leonor, Teresa, Rui, David, e Carolina. Estão na praia.

Leonor – Já viram, estão ali a orgnizar uns jogos de vólei. Podiamos participar meninas, que acham?

Carolina – Se for para jogar em shorts, e com um top a ver-se a minha bela barriga, e as minhas belas curvas, e a plateia for masculina... claro que participo!

Teresa – Sim podiamos divertir-nos! Eu alinho Leonor!

Carolina – (para Teresa) Ai tu não podes participar! Tu já viste como é que és! Perdiamos espectadores masculinos á tua custa!

Teresa vira a cara para o lado e desata a chorar.

Leonor – Era escusado!

David – Ya! Fogo!

Carolina – O que é que foi! Estou a dizer a verdade...

Leonor – Se penssases mais antes de dizeres alguma coisa, se calhar davam-te mais valor! O pai e a tua mãe não podiam ter errado mais na educação que te deram! (para Teresa) Vamos... Talvez o ambiente no bar seja melhor...

Carolina – Tens é inveja maninha! Nunca te deram tanta atenção como me deram a mim... Não é por acaso que és esse pãozinho sem sal!

Rui – Olha importas-te de te calar! Já não se aguenta... Tens uma voz tão irritante!

Carolina – Quem está mal, que se mude!

David – A mim também me está a apetecer mudar de ares... Rui, bora fazer uma partidinha de futebol?

Rui – Estou nessa mano!

Hugo, Filipe e Miguel, chegam á praia.

Miguel – Eu vou então ao bar, alguém quer alguma coisa?

Hugo – Não meu, obrigado.

Filipe – Agora nós meu...

Hugo – O que é que se passa?

Filipe – Isso pergunto-te eu!

Hugo – Oh pah explica-te que já estou a ficar todo baralhado!

Filipe – Ontem de manhã...

Hugo – Sim...

Filipe – Aquelas gaijas...

Hugo – Ah, já sei!

Filipe – Pois, e tu vidras-te numa delas!

Hugo – Eu? Puto tu deves estar a delirar!

Filipe – A gaija, que tu até foste contra ela, e até lhe pedis-te desculpa todo cheio de sorrisinhos e essas cenas...

Hugo – Ah essa...

Filipe – Tu gramas da miúda!

Hugo – Puto, eu gostei de a ver. Mas de certeza que não nos vamos ver mais.

Filipe – Sabe-se lá meu!
Hugo – Ya...

Filipe – Meu, eu já não te via assim há muito tempo! 'Tás todo apanhadinho...

Hugo – Oh não vai valer a pena puto...

Leonor e Teresa estão no bar. Miguel, vê Leonor e Teresa sentadas numa mesa.

Leonor – A minha irmã é tão estúpida! Fogo!

Teresa – Ela só disse a verdade...

Leonor – E tu dizes isso?! Ela humilhou-te Teresa! Tu devias estar mais que zangada com ela.

Teresa – E estou... Mas não é por isso que ela deixa de dizer a verdade.

Leonor – Eu vou pedir um copo de água para ti.

Teresa – Obrigada...

Leonor vai buscar o copo de água.

Leonor – Bebe, vai fazer-te bem.

Teresa – Agora é que o David não vai olhar mesmo para mim.

Leonor – Vai sim senhora! Achas que ele liga a bocas de gente que não sabe fazer mais nada senão tentar estragar a vida dos outros? Claro que não!

Teresa – Achas?

Leonor – Claro que sim! O que eu começo a achar é que não devia ter trazido a Carolina connosco!

Teresa – Tu ficas-te chateada com ela por minha causa! Eu é que devia ter ficado na Régua!

Leonor – Tu nem te atrevas em dizer isso! Tu mereces divertir-te muito mais do que ela! Ela é que devias ter ficado na Régua.

Teresa – Leonor...

Leonor – Sim?

Teresa – Obrigada...

Leonor – Não tens que agradecer, eu sou tua amiga, e só quero o teu bem.

Teresa – Bem vamos increver-nos nos jogos de vólei?

Leonor – Assim é que se fala! Vamos lá.

Miguel chega ao pé de Hugo e Filipe.

Miguel – Estou de volta, e nem sabem quem é que eu vi...

Hugo – Quem meu?

Miguel – Duas daquelas raparigas que estavam com aquela miúda estérica que discutiu com o Filipe.

Hugo – E estava lá aquela morena de cabelo comprido?

Miguel – Sim, porque é que perguntas?

Hugo – Curiosidade...

Filipe – Love is in the air...

Hugo – Cala-te meu!

Miguel – Ah! Já percebi! (risos)

Hugo – Já percebes-te o quê?

Filipe – Não ligues meu, aqui o Hugo gosta muito de se fazer de desentendido.

Hugo – Ei pá que chatos!

Miguel – E olha, a miúda é bem gira...

Hugo – É Linda... Quero dizer: qual delas, a ruiva ou a morena?

Filipe – Ahahahah! Não consegues disfarçar men...

Miguel – Pois é meu, sabes muito bem que estou a falar da morena.

Hugo – Olhem vamos à água!

David e Rui continuam a jogar futebol.

Rui – Meu, agora sou eu á baliza... Desanda, vá!

David - “Népia” meu... Só quando marcares golo.

Rui – Ei pá, men, eu já vou na milésima quinta tentativa!

David – Eu não tenho culpa de saber defender tão bem.

Rui – Ok meu, ganhaste... Desisto...

David – Aqui o David é o maior!!!

David vê umas raparigas.

David – (para as raparigas) Sim ouviram bem bebés, eu sou o maior! I'm the best!
Rui – Men, cala-te!

David – O que é que foi, não vês que elas estão a dar-me atenção?

Rui – Estão é a rir-se de ti... E eu estou aqui nesta figura, cansado... Elas ainda pensam que sou um fracote!

David – E neste momento és!

Rui – Eu dou-te todos os elogios que quiseres... Mas por-favor, cala-te!

David – Ok men, vamos beber água.

Teresa e Leonor vão de novo para a praia.

Teresa – Bem Leonor, aquilo do vólei vai ser muito fixe! Já viste a nossa equipa!

Leonor – Sim tens razão, a nossa equipa é muito fixe... Mas quando é que começam os jogos?

Teresa – Acho que é no final da semana...

Carolina – Já se foram inscrever para os jogos de vólei?

Leonor – Sim, porquê?

Carolina – (levanta-se) Também me vou inscrever.

Leonor – As nossas inscrições foram as duas últimas... Que pena maninha.

Carolina – Mas eu tenho de me inscrever, sem este corpo aqueles jogos não são nada!

Leonor – Mas já não dá Carolina... Tens de perceber isso.

Carolina – Eu nunca me dou por vencida maninha...!

Teresa – E lá vai ela a pensar que vai mesmo conseguir entrar na equipa...

Leonor – Se bem a conheço, vai tramar alguma. E confeso que até estou com medo...

David e Rui chegam ao pé de Leonor e Teresa.

Rui – Está na hora do almoço meninas, vamos?

Teresa – Temos de esperar pela Carolina. Ela foi tentar inscrever-se nos jogos de vólei.

David – Vocês já se inscreveram?

Leonor – Of course!

Rui – Ui os jogos de vólei vão ser de pedir e chorar por mais...

Teresa – Será que vocês só pensam nisso!?
Hugo, Filipe, e Miguel vão embora da praia para casa.

Miguel – E agora o que é que almoçamos?

Hugo – A minha mãe trouxe-nos esta lasanha...

Filipe – Eia meu, bendita seja ela!

Miguel – Então vamos comer.

Hugo – Claro meu!

Filipe – Oh Hugo, aquelas tuas amigas que me apresentas-te lá na Régua, onde é que elas estão de férias?

Hugo – Acho que ficaram por lá, porquê?

Filipe – Precisava de alguém para me divertir...

Hugo – Quem precisa é aqui o Miguel...

Miguel – Oh nã vão começar pois não!

Hugo – Tu tens arranjar uma miúda, era remédio santo.

Miguel – Não!

Filipe – Até parece que tens alergia a elas meu! Até me fazes arrepios...

Hugo – Podes crer men.

Miguel – Mudando de assunto. Quando é que voltam para a Régua?

Filipe – Só no final do Verão men...

Hugo – Ya...

Entretanto, Leonor, David, Carolina, Teresa e Rui, já estão a ir para casa para almoçarem.

Leonor – Então Carolina. Conseguiste increver-te nos jogos de vólei?
Carolina – Não maninha!

Teresa – (para David) Ah... Hoje á noite queres ir sair?

David – Ok Teresinha, vamos todos...

Teresa – Ah... Sim isso... Todos...

Leonor – O que é que estavas a falar com o David?

Teresa – Depois falámos, está bem?
Leonor – Ok...

Chegam a casa e almoçam. Depois, voltam para a praia.

Rui – Bora á água?

Teresa – Vão vocês, eu preciso de falar com a Leonor.

Carolina – Bem, então eu também vou...

Teresa – Eu não consegui...

Leonor – Não conseguiste o quê Teresa?

Teresa – Não consegui convidar o David para sair.

Leonor – Tu tens de ganhar coragem!

Teresa – Sim, eu estou a tentar Leonor!

Leonor – Eu sei...

Teresa – Eu perguntei-lhe se ele queria sair hoje á noite, ele disse que sim, que podiamos ir todos, e eu não consegui dizer-lhe nada...

Leonor – Deixa lá, para a próxima consegues.

Teresa – Podiamos ir á água...

Leonor – Sim, vamos.

Hugo, Filipe, e Miguel estão no bar.

Filipe – Este verão está a ser mesmo altamente!

Hugo – Podia estar melhor...

Filipe – Eu já percebi o que é que tu queres.

Hugo – O que é que eu quero?

Filipe – Ver a morena do outro dia.

Hugo – Ya, o meu verão ficava muito melhor se a visse e acontecesse alguma coisa.

Filipe – Eiiiii...

Miguel – Tu estás apanhadinho!

Hugo – Vá eu admito, sim!

Filipe – Bem mas aquela gaija que mandou as bocas, era podre de boa...
Miguel – Quem a de cabelo curto?

Filipe – Ya meu, vai ser a próxima.

Hugo – Men acorda! Tu já fizeste asneira, e ainda vais arriscar mais!

Filipe – Eu sei que engravidei a Francisca, a minha sorte foi que ela abortou. Eu gosto de correr riscos meu...

Miguel – Depois não te queixes.

Filipe – Eu estou só a aproveitar a vida...

Ficam na praia uma tarde inteira. Depois vão para casa jantar.

Teresa – Gostaram do jantar?

David – Ya Teresa, tu tens umas mãos de fada.

Teresa sorri para David.

Leonor – Sim, a Teresa tem muito geito para cozinhar.

Carolina – Tem é muitas calorias.

Leonor – És pobre e mal agradecida!

Carolina – Pronto, pronto... Até estava bom.

Rui – Estava bom?! Estava uma maravilha...

Vão sair, chegam a casa e preparam-se para dormir.

Carolina – Já escolhi o vestido para levar amanhã á festa!

Leonor – Ai sim... Qual é?

Carolina – Este! Não é fabuloso?

Leonor – Sim, é...

Carolina – É curto, justo para realçar as minhas curvas, e com um decote enorme. Tem o essencial.

Teresa – (para Leonor) Ela não tem mesmo emenda...

Leonor – Podes crer. Bem eu vou mas é dormir! Boa noite

Carolina e Teresa – Boa noite!

Hugo, Filipe, e Miguel preparam-se para se deitarem.

Hugo – Vou sonhar com ela...
Filipe – Ahah e eu já sei quem é puto...

Hugo – Ai ai.

Filipe – Tu deves estar a delirar... Tu? A suspirar? Belisquem-me, que isto é um sonho, ou será antes um pesadelo?

Miguel – Importam-se... Eu quero dormir!

Hugo – Ei pah não brinques men... Miguel, tens razão, bora dormir.

Filipe – (para Hugo) Sonha lá com ela... (fala com ar de gozo) Sonhos cor-de-rosa...

(continua...)

Espero que tenham gostado deste terceiro capítulo, a história ainda não desenrolou muito, mas no próximo capítulo já vai aquecer ainda mais... Esperem para ver (ou melhor ler)... Quero agradecer a quem tem lido esta história, e obrigada pelo apoio, sem vocês eu não estaria a publicar estes capitúlos. :)
5 comentários, por favor?
Obrigada :)

Mel

5 comentários:

  1. Bem se quiseres eu faço já os 5 comentarios se quiseres! Quero mais da historia.

    Obriga linda, o blogue tbm é muito fixe ;)

    ResponderEliminar
  2. Encontrei o teu blog por acaso e gostei bastante da tua história. Eu também estou a começar a escrever uma história que também se passa no Algarve.
    http://umsimplesgestooamorverdadeiro.blogspot.com/
    Se quiseres passa por lá

    ResponderEliminar
  3. Gosto muito!acho que tens muito jeito! continu-a! :D

    ResponderEliminar

Obrigada pelo comentário :)